Falar de amor próprio na Academia Ines Nunes Pimentel

academia ines nunes pimentel

É engraçado que sinto que os posts desta semana são uma espécie de update das últimas semanas de Janeiro, mas a verdade é que o primeiro mês do ano teve coisas muito boas e como estive ausente na última semana e meia quero partilhar com vocês o que se passou de incrível e este momento foi um deles.

Ora não é novidade para ninguém que eu nutro um carinho muito especial pela Inês

E que ela foi uma parte fundamental da minha recuperação em 2016 quando a encontrei ao acaso no Instagram. Ela estava a preparar-se para se casar e eu estava a dar os primeiros passos na minha cura interior depois de ter ido parar ao hospital por causa de uma dieta e ter decidido dar um basta na obsessão com a minha imagem corporal que já durava há 15 anos.

Comecei a acompanhar a Inês nessa altura, diariamente ela motiva-me a continuar a cuidar do meu corpo e no início de 2017 conhecemo-nos pela primeira vez no evento Gostar de Mim que foi efectivamente fulcral para a minha recuperação e onde demos um dos abraços mais especiais e importantes para este meu caminho de cura pessoal.

Sugestão
Evento Gostar de mim com Joana Limão e Inês Pimentel

O tempo passou, a Inês cresceu e eu acompanho-a orgulhosamente por a ver chegar tão longe e a tocar tantas pessoas. Eu cresci também juntamente com o respeito e amor por mim e procuro diariamente com a minha história e com a forma crua e verdadeira com que conto tudo aquilo pelo que passei, ajudar outras mulheres a entenderem que é possível viver uma vida plena sem medo de comer, sem medo do espelho e sem medo da balança e foi exactamente para falar sobre isto de viver com respeito por nós, amor próprio e compromisso diário connosco todos os dias que a Inês me convidou a participar na sua Academia Online, uma escola de desenvolvimento pessoal onde a Inês trabalha com mais de 80 mulheres para as ajudar a apaixonarem-se verdadeiramente por si próprias e criarem a vida dos seus sonhos.

Receber este convite da Inês foi uma honra e uma tremenda responsabilidade,

Não só porque ela tem feito um trabalho maravilhoso junto da sua comunidade, como ter tantas mulheres a ouvirem-me deixou-me com vontade de dar toda a minha energia e amor para que cada uma percebesse que já tem o que é preciso para ser feliz, porque tal como digo sempre: É a tua singularidade que te torna a pessoa mais bonita de sempre.

E assim, eu, a Inês e muitas mulheres reunimo-nos online e eu partilhei com todas, a minha história de superação contra a ditadura da balança, contra as loucuras alimentares que cometi e contra o medo que eu sempre tive de comer. Falei de vitórias, de fracassos, e falei acima de tudo da importância de aceitar que o amor próprio é um trabalho para a vida toda e tem de ser encarado deste forma. Cuidar de nós e do nosso bem estar, tem de ser uma prioridade e tem de ser feito acima de tudo sem prazos de validade, porque tal como eu expliquei e digo aqui muitas vezes, também eu às vezes dou passos atrás mas é esta capacidade de entender que escolhi cuidar de mim para sempre que me faz continuar o meu caminho, mesmo que ele tenha desvios.

Aquilo que eu procurei transmitir com a minha talk é que não há caminhos perfeitos,

Não há dietas perfeitas, nem há atalhos. Há compromisso para sempre e há acima de tudo que aceitar que às vezes vão acontecer fases ou momentos em que parece que andamos para trás e é nesta capacidade de gerir bons e maus momentos que se faz este caminho de amor próprio. Expliquei também que independentemente do corpo que se queira alcançar, não adianta de nada se a alma não está curada, porque eu já tive muito peso e não gostava de mim e já tive pouco peso e também não gostava de mim.

Falámos da ditadura dos números, do quanto esta loucura por atingir um determinado peso não passa de uma utopia e que nada disso nos traz felicidade se não mudamos a forma como nos vemos e nos tratamos. Falámos de nutrir o corpo e a alma, de treinar por amor e não por culpa, de controlar compulsões alimentares, de racionalizar momentos de compulsão e de cristais. Falámos acima de tudo de nutrir muito amor por nós e de respeitar este templo bonito onde vivemos diariamente.

Sugestão
Sou grata a este corpo

E depois de terminar agradeci muito.

Agradeci a oportunidade de mais uma vez abrir o meu coração e contar a minha história e ver todas aquelas mulheres vibrarem e emocionarem-se. Agradeci, porque foi uma honra participar neste projecto da Inês e por todo o feedback que recebi depois de todas as meninas que me ouviram e agradeci porque se há alturas em que me pergunto se faz sentido continuar a partilhar tudo aquilo que passei, depois chegam estes momentos e eu entendo que é exactamente esta vulnerabilidade e esta verdade com que abro o coração que traz esperança a quem ainda está no caminho de cura e como eu digo sempre, eu não sou nenhuma super heroína, não fiz nada que tu não possas fazer, por isso enquanto existirem mulheres que precisem de interiorizar que são tão capazes quanto eu fui de chegar aqui, eu estarei por cá a falar com o coração na boca e nos dedos para que mais pessoas descubram esta magia do amor próprio.

Obrigada Inês pelo convite. Obrigada meninas da Academia. Obrigada a quem me lê diariamente. E se ficaste curiosa com a Academia da Inês, inscreve-te para receberes mais informações e quem sabe não fazes parte da próxima turma de mulheres incríveis.

RELATED POSTS

LEAVE A COMMENT

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.