Do fundo do coração, obrigada por estarem desse lado

obrigada por me lerem

Este era um post que eu já queria ter escrito há algum tempo. Um post para agradecer a cada uma das pessoas que passa por aqui diariamente e despende alguns minutos do seu dia para me ler. Um post onde vos agradeço por todos os dias e de diferentes formas me fazerem acreditar que vale a pena continuar a abrir o meu coração em cada linha que aqui deixo.

Este blogue tem 8 anos.

Celebrei-os no início deste mês com as pessoas que entraram na minha vida através dele. Mas a verdade é que muitas mais existem e fazem parte do sucesso do Lolly Taste. Essa pessoas, são aquelas que através de uma mensagem ou um email sentem confiança suficiente para abrir o coração e desabafarem comigo sobre determinado problema. E a verdade é que apesar de eu adorar isto, há alturas em que ainda me surpreendo e me questiono do porquê disto acontecer.

Vocês já estão fartos de me ouvir dizer por aqui que eu me levo muito pouco a sério enquanto blogger. E acreditem que quando digo isto é mesmo verdade. Este blogue nunca foi criado com a intenção de me levar à fama e ao estrelato. Eu nunca tive pretensão de me tornar famosa, de ter uma legião de seguidores ou de me tornar uma inspiração para alguém. O blogue sempre foi um escape para mim. Durante muitos anos foi um escape criativo e a partir de 2016 um escape emocional, depois de ter aberto o meu coração para os problemas de saúde que estava a passar devido a uma dieta.

Sugestão
O meu balanço de 2016

Nessa altura muito sem querer eu encontrei a minha voz digital.

Percebi que aquilo que escrevia não só me ajudava a mim, como mostrava a outras pessoas que não estão sozinhas nisto de gostarmos de nós, lidar com compulsões ou com ansiedade. E aí, o Lolly Taste ganhou para mim uma outra dimensão e importância.

Eu escrevo muito com o coração.

Vocês podem achar que eu escrevo somente para partilhar a minha experiência. Mas a verdade é que eu também escrevo para me ajudar a mim própria. Para me recordar todos os dias do caminho que eu já trilhei. E para nunca me esquecer que mais vale caminhar devagarinho do que ficar parado naquele sítio que tanto dói. Portanto isto acaba por ser um win win situation, onde eu e vocês saímos de peito cheio de esperança.

Mas a verdade é que apesar de eu saber que este blogue tem crescido dia após dia, eu continuo a achar que só meia dúzia de pessoas me lêem. Por isso, quando alguém me aborda digitalmente para abrir o coração, eu fico com um misto de alegria e medo. Porque ao contrário do que a maioria mostra, isto de te tornares uma inspiração para alguém é de uma responsabilidade tremenda. E eu penso muito nisto.

A verdade é que ter um blogue é incrível – e muito trabalhoso.

Ter um blogue que é lido e sentido por várias pessoas é melhor ainda. Mas há um reverso da medalha que são os plágios, as pessoas que de repente acham que o caminho do sucesso é contarem uma história bonita de vida, então anda meio mundo a querer inspirar outro meio mundo. E acima de tudo a loucura desmedida pelos likes. E isto cansa-me, e às vezes  – só às vezes – eu penso em parar. Penso que nada do que tenho para vos trazer é algo de novo ou emocionante. E que anda meio mundo a falar de compulsões alimentares, aceitação corporal e ansiedade porque é o que está na moda agora. E tal como eu também já disse, para mim é muito fácil de largar o blogue assim que sinta que já não me faz sentido. Sem medo nenhum de ser digitalmente esquecida.

Sugestão
Blogging for a cause: Um evento solidário a que não podes faltar

Mas depois recebo mensagens incríveis, de pessoas que genuinamente gostam do que eu escrevo. Que me contactam para agradecer por de alguma forma as ajudar. E que acima de tudo entendem que tudo o que eu escrevo neste blogue é a minha verdade. E é exactamente aqui que eu percebo o verdadeiro propósito de depositar tanto do meu tempo a este projecto – eu escrevo porque realmente gosto de o fazer e de cada vez que o faço há uma parte de mim que diz obrigada. Obrigada por abrir o meu coração e permitir que alguém que me esteja a ler se consiga encontrar verdadeiramente.

E é por isto que preciso de agradecer a cada um de vocês que me lê.

A cada um de vocês que acredita em mim e na minha verdade. E ajuda diariamente este blogue a chegar um bocadinho mais longe. Costumo dizer muitas vezes que o meu objectivo com este blogue é que ele chegue a cada vez mais pessoas. Não porque me queira tornar famosa, mas porque quero genuinamente que mais pessoas percebam que é possível mudar. Seja em que altura da vida for. E este objectivo só é possível porque diariamente vocês estão cá. A acreditar nas minhas palavras, a ler cada desabafo e a dizerem-me que aquilo que escrevo é importante. E só por isto já vale a pena continuar por cá.

Posto isto…. Obrigada do fundo do coração por me lerem.

 

RELATED POSTS

5 Comments

  1. Responder

    Ana Beatriz Pereira Martins

    Maio 2, 2018

    Parabéns e muitas felicidades!!

    Beijinhos ♥

  2. Responder

    Carolina Madeira

    Maio 2, 2018

    Descobri-te há um ano quando estava a pesquisar sobre ataques de pânico. Na altura chamou-me a atenção a forma tão clara e aberta como falas do que se passou contigo e eu lembro de sentir que estavas mesmo a falar para mim. Desde aí passei a seguir-te religiosamente, porque transmites honestidade no que escreves e motivas-me muito a acreditar mais em mim. Continua a escrever sempre.

  3. Responder

    Susana Matinho

    Maio 2, 2018

    <3

  4. Responder

    vera

    Maio 3, 2018

    Obrigada. Foram as tuas palavras que encontrei por acaso que fizeram finalmente sentido dentro de mim e tornaram mais real esta mudança

  5. Responder

    Blogue Ela e Ele, Ele e Ela

    Maio 4, 2018

    É bom ler as tuas palavras. É um sentimento verdadeiro, real e, por isso mesmo, credível! Obrigado por isso. É quem te segue que deve agradecer. 🙂

LEAVE A COMMENT

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.