Páginas Salteadas: Descomplica as manhãs com Papas de Amêndoa e Maçã

descomplica sofia castro fernandes papas de amendoa e maca

E um novo Páginas Salteadas dá à costa aqui pelo blogue, desta vez com o Descomplica da Sofia Castro Fernandes. Neste livro a Sofia traz-nos 11 verbos que prometem mostrar-nos mensagens luz, para que possamos guiar a nossa vida de forma mais simples e leve possível.

E vocês não imaginam o quanto gosto deste livro, tanto que o li uma primeira vez de forma totalmente sôfrega e o estou a reler novamente este mês, mais calmamente de forma a que a sua mensagem se enraize totalmente na cabeça e no coração.

Decidi falar-vos apenas de dois verbos, aqueles que me tocaram de forma mais especial. O Desapegar e o Descomplicar .

O desapegar é para mim um dos mais importantes, porque durante a vida acabamos por ganhar uma grande bagagem. De pessoas, de coisas que atrelamos a nós, à nossa casa e de sentimentos, somos seres de apegos. Uns mais emocionais outros mais materiais, mas no geral todos nós nos apegamos a coisas e temos verdadeira dificuldade em perceber quando é que essas coisas ou pessoas estão a mais e largá-las.

Eu sempre me apeguei muito. Sempre tive dificuldade em dizer que não, em deixar ir. Aconteceu-me com as minhas compulsões e com o medo que tinha em tentar mais uma vez sempre que falhava uma dieta. E aconteceu-me com várias pessoas e situações que entraram na minha vida de rompante o ano passado. E me deram a sensação que estava a viver mais para mostrar no Instagram do que para mim. E foi exactamente por isso que escrevi o fazer um detox à vida.

Aprender a desapegar é provavelmente das tarefas mais difíceis e ao mesmo tempo mais nobres. Porque custa largar algo ou alguém que já conhecemos, mesmo sabendo qe não nos faz bem. Mas quando conseguimos, abrimos portas e espaço para que coisas novas aconteçam. E é exactamente esta mestria de saber dizer que não para depois dizer que sim que falta a muitos de nós.

Sugestão
Páginas Salteadas: Uma aventura com Pão de Queijo

Felizmente tenho aprendido mais depressa do que imaginava a desapegar-me.

Materialmente nunca tive grande dificuldade. Sou alguém que olha para as coisas de forma prática e se aquilo está em excesso na minha casa por exemplo, facilmente o dou a outro que precise. Agora com as pessoas foi um processo moroso, mas que hoje em dia está mais que enraizado. Acabei por perceber no último ano, que por ter falta de confiança em mim, acabava por dizer que sim a todas as pessoas novas que surgiam na minha vida, mesmo quando havia alturas em que sentia que aquela pessoa não me fazia assim tão bem.

E isso fez com que durante algum tempo eu sentisse que a minha vida estava demasiado cheia de acontecimentos, momentos e pessoas e eu só precisava de respirar. E foi isso que fiz, respirei e percebi que aquilo que de mais precioso temos na vida é o tempo, e que este tem de ser sabiamente usado com quem realmente nos nutre. E desapeguei-me. Desapeguei-me muito durante o ano passado.

papas-amendoa-maca-lolly-taste-blog

Quando ao Descomplica, acaba por ser uma regra na minha vida.

Que se faz cedo com treinos. Que tem um trabalho de 8horas diárias, um blogue que muito tempo me ocupa, pessoas que amo e dois gatos incríveis. E é preciso descomplicar quando olho para o tanto que quero fazer e para o que realmente consigo fazer. É preciso descomplicar, quando sei que acordo às 06.10 para treinar. É preciso descomplicar acima de tudo para viver uma vida mais plena.

Descomplicar foi uma coisa que aprendi e aprendo todos os dias. Descomplicar com a comida e com a forma como olho para ela hoje em dia. Sem medos. Sem noias. Descomplicar quando não consigo ou não me apetece ir treinar. Descomplicar acima de tudo e perceber que não faz mal faltar a treinos, que não vou morrer ou engordar horrores por causa disso e que não preciso de me punir ao cortar na comida. Descomplicar de todas as obrigações que nos impomos a nós próprios, todas as metas a que nos propomos, porque infelizmente há coisas que falham e se aceitarmos isto a vida acaba por ser levada de forma mais leve e…descomplicada.

Sugestão
Panquecas de coco, aveia e banana acompanhadas de romã

Para este Descomplica a receita que vos trouxe,

Serve exactamente para descomplicar o vosso pequeno-almoço e trazer-vos conforto matinal. Este é um pequeno-almoço super nutritivo e vegan. Baixo em hidratos, mas com gorduras maravilhosas para vos deixar saciados durante horas. Foi uma das receitas mais pedidas no Instagram quando publiquei a fotografia e por isso espero que gostem.

Ingredientes Papas de Amêndoa e Maçã

40 gr de farinha de amêndoa
10 gr de farinha de coco
1 maçã
200ml de leite vegetal a gosto
canela a gosto

Como fazer

  1. Coloca as farinhas, o leite , a canela e metade da maçã numa liquidificadora e mistura tudo até obteres um creme
  2. Transfere esta mistura para um tacho. Corta a outra metade da maçã em cubos pequeninos e coloca no tacho.
  3. Mexe bem com uma colher até as papas ferverem e ficarem com uma consistência mais espessa.
  4. Quando estiver pronto coloca numa tigela e decora com o teu topping favorito. Eu usei um pouco mais de canela e sementes de abóbora que juntamente com a maçã cortada dá uma sensação crocante deliciosa a este pequeno-almoço.

Deixo-te outras sugestões de meses passados no páginas salteadas para te inspirares

Aproveita para veres as receitas das minhas parceiras neste projecto

RELATED POSTS

2 Comments

  1. Responder

    Rita da Nova

    Março 27, 2018

    Vou fazer para as minhas manhãs Whole30 ❤️

    • Responder

      vânia duarte

      Março 27, 2018

      são dos meus pequenos almoços favoritos Ritinha <3

LEAVE A COMMENT

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.