Se amas o teu corpo, procura o melhor para ti

cuida do teu corpo e procura o melhor por ti tem cuidado com acompanhamentos online dados por quem não é nutricionista

Cuidar do corpo e da alma pode ser um verdadeiro desafio não achas?

Cada dia sinto mais isso pelos emails que recebo a pedirem-me conselhos. Sinto que as pessoas estão confusas com o excesso de informação que cada vez mais, causa desinformação. Há sugestões para tudo. Há dietas e planos alimentares para tudo. Há gurus e mestres da alimentação. Mas sabes o que não há?

Bom senso e acima de tudo honestidade.

Hoje em dia todos sabem de tudo. De repente qualquer pessoa passou a entender de alimentação e treino. Eu recebo regularmente e-mails de pessoas que desabafam sobre vários assuntos e me pedem dicas alimentares para perder peso. Ora uma das coisas que eu digo sempre é que não sou nutricionista.  Não tenho qualquer tipo de conhecimento para o fazer, portanto o máximo que posso ajudar é recomendando profissionais da minha confiança.

Porque a realidade é que, o que é certo para mim, pode não ser certo para ti entendes? Uma coisa é perguntarem-me sugestões de lanches fáceis para não enfiar a boca num qualquer bolo do café, outra é alguém querer saber o que deve comer para perder peso ou aumentar massa muscular. Eu posso saber o que funciona comigo mas não sei de todo o que funciona contigo. O que acontece nisto, de se andar a passar planos sem conhecimento, é que aumenta a frustração das pessoas, quando se comparam com determinada pessoa, ou quando não atingem determinado objectivo.

O problema é que esta onda fitness e de bem estar em que vivemos

Trouxe imensa gente que faz acompanhamentos sem qualquer conhecimento.  Basicamente aprende-se como controlar calorias, macros e micro nutrientes como se a alimentação fosse uma aula de matemática. Sabem como treinar e voilá, acham que podem acompanhar pessoas. Sem terem noção que cuidar da alimentação de alguém é muito mais do que passar um plano. Como se fosse uma lista de compras.

Sugestão
Sou grata a este corpo

Não te deixes enganar. Não são um par de bons músculos ou uns abdominais mais definidos que dizem se uma pessoa está apta para te passar um treino ou um plano de alimentação e infelizmente hoje em dia, com o crescimento do interesse no fitness há cada vez mais ofertas de planos alimentares de pessoas que não tem a mínima formação para o fazer.

O corpo é teu e acima de qualquer ambição visual a tua prioridade deve ser sempre a saúde, por isso não penses que só porque aquela pessoa tem um corpo escultural te pode dar directrizes do que quer que seja pondo-te em risco.

Porque na realidade tu precisas muito mais do que um simples plano alimentar. Precisas realmente de aprender a comer. Precisas de perceber como é que a comida interfere no teu organismo. Precisas de descobrir muitas vezes que tipo de relação tens com a comida e o porquê de muitas vezes falhares nesta coisa do tentar ser saudável e a verdade é que este tipo de pessoas não está minimamente preparada para o fazer.

E porque é que eu falo nisto?

Porque eu própria no início do 2016 cometi esse erro. Acabei por fazer um acompanhamento com uma pessoa sem a mínima formação na área. Mas como tinha um físico invejável e acompanhava outras pessoas que eu conhecia resolvi embarcar nessa parvoíce. E na verdade fez-me atingir uma forma física absolutamente incrível.

Sim tive uma massa gorda baixíssima. Sim tive uma barriga absolutamente incrível e estava efectivamente com o meu corpo de sonho.  Isto é o que te prometem e efectivamente cumprem, mas sabem o que não te dizem?

Que ao final de algum tempo a comida te vai saber sempre ao mesmo, porque comes sempre o mesmo.

Que vais ficar completamente perdida quando não tiveres uma balança para pesares as coisas, e dás contigo mentalmente a fazer contas, quando devias estar a desfrutar de uma refeição. Que vais rejeitar almoços e jantares com amigos porque já passaste as tuas calorias e se o fizeres vais ter de compensar no treino no dia a seguir.

Sugestão
Vídeo - Como vencer a compulsão Alimentar?

Também não te dizem que ao início comer brócolos, pescada e claras cozidas pode parecer giro, mas ao final de uns meses começas a dar em doida, a desejar que chegue o tal dia em que podes comer UMA refeição livre e dás por ti a comer não uma, mas várias refeições como se a tua vida dependesse disso. Ninguém te pede umas análises mas passam-te imensa suplementação mesmo que não saibas o porquê.

Multivitaminicos com fartura é das primeiras coisas que te passam, mas será que precisas mesmo deles? Sabes que o ano passado quando fiquei doente após esta dieta, acusei um excesso de vitaminas absurdo no sangue? E porquê? Porque as tomava sem necessidade.

Porque aquela pessoa sem a mínima formação, nunca se preocupou em saber se eu realmente precisava daquilo ou não. Tomei muitos suplementos. Fui extremamente infeliz a comer e isto fez acima de tudo, com que tivesse ganho graves carências no corpo e levou-me a regressar às compulsões.

Porque estas pessoas passam-te um plano alimentar como se fosses um atleta e esquecem-se do essencial.

Precisas de aprender a comer seja em que situação for, porque quando estiveres fora da tua zona de controlo onde não tens a tua balança e não és tu que cozinhas começa  o descalabro. Entras em stress e ansiedade por não poderes pesar nada do que comes. Isto transforma-se numa verdadeira bola de neve, que na maior parte das vezes dá mau resultado e as pessoas acabam a comer tudo o que lhes aparece à frente.

Eu entendo que um atleta seja ele de que modalidade for, quando está numa fase de preparação, precise de controlar ao milímetro tudo aquilo que ingere. Mas vamos ser honestos sim? Nem eu, nem tu nem a maior parte das pessoas somos atletas.

Sugestão
Sobre não ter cortinados em casa (uma metáfora para a vida)

Tu não és atleta porque treinas todos os dias ou porque treinas duas vezes por dia.

Tu não és atleta porque corres muito rápido ou levantas muito peso. Tu és alguém que gosta de fazer exercício físico e por isso precisas de aprender a comer para rentabilizares o teu treino e alcançar os teus objectivos sejam eles quais forem. E para isso tu não precisas de ter tornar escravo de uma balança. Não precisas de comer todos os dias durante meses sempre a mesma coisa. Precisas sim que te ensinem o poder da alimentação. E acima de tudo que te ensinem a comer em qualquer situação.

A  pior coisa que tu podes ter é medo de comer.

Lembra-te que vais ter de comer para sempre. Por isso criar medos e angústias com uma coisa que é tão natural não está certo.  A verdade é que quanto mais vou falando sobre este assunto, mais pessoas conheço que fizeram este tipo de acompanhamentos e que terminaram com compulsões muito graves e extremamente infelizes.

A verdade é só uma, ama-te e cuida com muito cuidado do teu corpo.

Se procuras sempre uma boa cabeleireira para tratar do teu cabelo, se só entregas as tuas unhas aquela esteticista em quem realmente confias, não deixes que promessas de corpos esculturais vindas de pessoas sem qualquer tipo de formação te arruinem a carteira e a saúde. Se queres mesmo mudar, investe num bom profissional e acima de tudo, investe em ti.

RELATED POSTS

1 Comment

  1. Responder

    Alexandra Soares

    Setembro 5, 2017

    É mesmo isso. Não podemos assumir que o que funcionou para um, funciona para o outro. O mais importante é entender o que queremos e fazer por isso. Não pedir milagres.

LEAVE A COMMENT

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.