Crepioca deliciosa e muito saudável como fazer?

crepioca paleo como fazer

Já ouviste falar de crepioca? Hoje trago-te uma sugestão top para as tuas refeições.

A Tapioca é possivelmente dos ingredientes mais falados e amados do mundo fitness

muito por culpa das musas inspiradoras brasileiras que usam a Tapioca no seu dia a dia seja para começar o dia ou como refeição principal.

Cá em Portugal nunca foi muito fácil de encontrar tapioca já pronta. E só agora é que começa a aparecer nas superfícies comerciais. O que sempre foi fácil de encontrar é polvilho azedo mas transformar polvilho em goma de tapioca pronta não é fácil. E para além de dar muito trabalho muita coisa pode correr mal.

O ano passado tentei fazer esse processo. Vi vídeos no youtube, comprei polvilho e deitei mãos à obra, mas efectivamente o resultado foi péssimo, fiquei com uma pasta que se colava em todo o lado e quando tentei colocar aquilo na frigideira, a única coisa que consegui foi queimar, portanto decidi desistir da ideia de fazer tapioca em casa

Até que há umas semanas, enquanto navegava pelas contas de Instagram que mais me inspiram descobri a Tapioca já pronta da Naturaldlight, entrei em êxtase e comprei dois sacos de 500gr.

crepioca como fazer

Fiz primeiro a tapioca normal, porque tinha mesmo de experimentar e comi com ovos mexidos

Mas depois de experimentar a crepioca descobri todo um novo mundo.

A forma de fazer Crepioca é muito simples

40gr de tapioca e dois ovos. Bate-se tudo e coloca-se na frigideira até a massa solificar. Depois vira-se ao contrário mais um pouco e está feita.

Simples, rápida e cheia de bons nutrientes, neste caso hidratos e proteína. Como ao fim de semana gosto sempre de caprichar mais nos meus pequenos almoços, coloquei banana no meio. Um pouco de manteiga de amendoim, algumas lascas de coco e acompanhei com um chá. Começando assim o dia com a barriga bem aconchegada.

Sugestão
Tarte de Iogurte e Queijo Fresco

O melhor disto tudo é que podem usar a crepioca para um infindável número de receitas. Seja da forma que comi mais doce. Ou optar por uma versão salgada para um almoço ou jantar, com frango ou atum no meio e bastantes verduras. É uma questão de se aventurarem na cozinha.

RELATED POSTS

3 Comments

  1. Responder

    Flicker

    Junho 3, 2016

    Saudades dos teus pequenos-almocos! Fiquei com agua na boca! Muito bom.

  2. Responder

    Lucia Moreira

    Março 27, 2018

    Muito bom, adorei

    • Responder

      vânia duarte

      Março 27, 2018

      é deliciosa 🙂

LEAVE A COMMENT

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.