Motivação para treinar

Já mais do que uma vez me
perguntaram como consigo ter motivação para me levantar tão cedo durante
a semana para treinar às 07h30 da manhã.

A verdade é que eu gosto mesmo
de fazer exercício e como nunca tenho horários certos de saída do
trabalho acabo por deixar o assunto arrumado logo de manhã e fico sempre
com mais energia durante o dia. Para além disso, sinto que treinar logo
de manhã faz com que tenha menos desejos de gula durante o dia, acho que
funciona quase como um grilo falante que me diz que se acordei tão cedo
de manhã para treinar, tenho de me manter na linha com a comida.

Mas a verdade é que gostar só de treinar às vezes não chega, portanto para manter a motivação tenho também objectivos que me propus atingir. No
meu caso passam por baixar ainda mais a massa gorda (quero chegar aos
20-21%, neste momento está em 24%, quando comecei em Setembro estava nuns
assustadores 29.8%, definir mais a zona abdominal e aumentar o músculo
nos braços e costas.  
Estes são os objectivos que tracei para este ano
todo e não com timings loucos de 3 meses.
E é aqui que eu acho que a maioria das pessoas falha – não traçar objectivos reais.
Vamos
lá ver uma coisa, não adianta estar parado imenso tempo e lá para Maio
agarrar em vídeos do Insanity (ou do género) e começar a trabalhar que
nem loucas pois a desmotivação vai chegar muito rápido. Se uma pessoa
que treina entre 4 a 5 vezes por semana sente dificuldade em fazer um
plano daqueles, o que dizer de alguém que esteve 8 meses parado e se lembra do nada de treinar furiosamente? 
É óbvio que em pouco
tempo a coisa vai acabar por ficar esquecida, primeiro porque começa a
ser Verão e é muito mais interessante ir para a praia ou esplanada do
que estar a suar a estopinha em casa e depois sejamos realistas, estes
vídeos requerem muita preparação física, logo se a coisa não está boa é
fácil desistir.

Depois outro erro que vejo muito é o uso abusivo de
suplementos para emagrecer e drenantes. Corta-se estupidamente em montes de alimentos, ingerem-se suplementos que prometem drenar até a
alma e ao final de 5 dias a balança acusa menos peso, a malta fica feliz
e voilá quando volta a comer normalmente engorda o dobro.

Isto parece uma lenga-lenga que ouvimos todos os anos mas é
tão verdade. Estas perdas de peso abruptas não são mais do que perdas de
água e músculo. Há uns tempos li num blogue de nutrição, que o nosso
corpo assume as rápidas perdas de peso como se
fossem uma doença, e por isso quando voltamos a comer sem restrições o que
ele faz é assimilar as coisas a dobrar, para que se futuramente voltar a
acontecer o mesmo ele se possa proteger. Daí a velha história que quando se
regressa à alimentação normal engorda-se mais.

Enfim, acho realmente que o segredo não está em fazer
dieta mas sim aprender a comer. Recorrer à ajuda de
um especialista em nutrição para perceber o que se está a fazer mal,
estipular um número mínimo de vezes para treinar e sobretudo fazer uma
actividade que se gosta.

Reparem, não adianta dizer que se vai treinar loucamente 5 vezes por semana e
esperar resultados ao final de 2. As coisas têm o seu tempo e nós
próprios temos a nossa vida, portanto mais vale 3 vezes bem feitas,
intensas e com regularidade do que prometer treinos todos os dias e
depois, quando se percebe que não conseguimos cumprir a desmotivação
chega.

Outro conselho que também posso deixar é: não cortem nos
hidratos de carbono de forma abrupta. Precisamos deles e quando os
retiramos de um momento para o outro sentimo-nos fracos, sem energia e
mal dispostos o que faz com que a desmotivação também chegue. Posso
dizer-vos que na minha reeducação alimentar nunca deixei de comer
hidratos, foram-me reduzidas quantidades é certo mas nunca deixei de os
comer, até porque uma pessoa que treina regularmente precisa mesmo de
hidratos no corpo.

Há também quem opte por ir com uma amiga/o fazer exercício. Pessoalmente esta técnica comigo não resulta, eu sou muito
focada no treino e portanto detesto distracções e conversar, por isso
para ir com alguém teria mesmo de ser uma pessoa como eu, caso contrário
não me consigo mesmo concentrar e fico de mau humor, mas acredito
que para muita gente ter ali um ombro que puxa por nós é uma boa
solução. 

Outro segredo para não desmotivar é aceitar que
nos devemos permitir pecar de vez em quando sem remorsos. Eu faço-o às
vezes e nesses momentos aproveito mesmo tudo o que tenho direito, depois
compenso na próxima refeição com uma sopa e bastantes líquidos, que foi a
dica que a minha nutricionista me deu para quando cometemos um excesso.

Portanto o verdadeiro segredo está em objectivos reais, pararem para
pensar no que gostariam de atingir e perceberem em quanto tempo o vão
conseguir de forma SAUDÁVEL, e sobretudo manterem sempre esta chama dos
objectivos ligada, para que possam treinar o ano todo e não 4 meses por
ano antes do Verão. 
Janeiro 20, 2014
Janeiro 22, 2014

RELATED POSTS

15 Comments

  1. Responder

    rosa_chiclet

    Janeiro 21, 2014

    Adorei o post..

    eu neste momento vou entrar no ginásio, pois o ano passado consegui perder 15 kg sem gym, só com cuidado na alimentação, mas agora como quero substituir a massa gorda por músculo tenho mesmo de ir fazer exercício.. e sou como tu de vez enquanto tenho de pecar mas sem grandes stress..

    kisses***

    • Responder

      lollytasteblogvania

      Janeiro 21, 2014

      antes de mais muitos parabéns pela tua GRANDE conquista:-) fazes bem em começar a praticar exercicio, é importante agora que atingiste essa meta. Faz bastante treino de força é o melhor oara começares a construir musculo (massa magra) e queimar a gorda. beijinhos e continua com essa motivação

  2. Responder

    Le Blonde

    Janeiro 21, 2014

    Vânia gostei muito (mesmo muito) deste post. Deixa-me dizer-te que concordo com tudo aqui que falaste. E este ano comecei também a ir de manhã ao ginásio. Custa bastante levantar tão cedo, mas compensa o esforço, pois ao final do dia sinto-me tão bem comigo mesma. E uma das motivações para ter tomado esta decisão são também os teus testemunhos. Portanto podes continuar a contar a tua experiência!!

    Tal como tu não cortei nos hidratos, mas reduzi (sendo que nem lhes toco na parte da noite).
    Beijinho

    • Responder

      lollytasteblogvania

      Janeiro 21, 2014

      obrigada Andreia a sério:-) Acho que por mais que se fale nestes assuntos vejo sempre os mesmos erros todos os anos. E vejo que também já és adepta dos treinos matinais, que bom, o dia de trabalho corre sempre melhor não é? beijinhos grandes***

  3. Responder

    somebodyelsa

    Janeiro 21, 2014

    também gostei muito deste post.
    Na verdade, para mim é ainda muito difícil de arranjar motivação. Eu não gosto de fazer exercício e invejo por exemplo aquelas pessoas q passado um mês já adoram correr. Eu já corro ha meses e ainda não adoro, lol.

    • Responder

      lollytasteblogvania

      Janeiro 21, 2014

      porque não experimentas fazer mesmo uma modalidade? algo que não implique correr e que gostes? pode ser que comeces a gostar mais:-)

  4. Responder

    Ju Figueiredo Silva

    Janeiro 21, 2014

    Felizmente penso que com esta "moda" de ser-se saudável, parece-me que esses erros vão sendo cada vez menores…acho que há muita gente mesmo interessada em se tornar saudável e encontrar um equilíbrio, uma forma certa de comer.
    Eu, aos poucos, estou a tentar encontrar esse equilíbrio, é difícil, demora o seu tempo, mas vai lá.. não vou estipular x quilos para perder em x tempo, quero sim, perceber o que realmente não vale a pena ser consumido e abolir e, de vez em quando, cometer um pecado, lá está.

    Quanto ao exercício, é algo que me custa mesmo, pois DETESTO! Correr como sempre foi algo que até gostei, desde os tempos de educação física no secundário, estou a tentar investir nisso, vamos lá ver como corre.. estou motivada e com força, mais uma vez, não quero olhar para isso como um objectivo para perder peso e ficar rija (é claro que quero!), mas sim como algo que faz bem à minha saúde, é um facto, que temos que nos mexer! Ao contrário de ti, sozinha não o consigo fazer, fico com motivação zero. (pelo menos por enquanto!)

    Outra ajuda fundamental nestas alterações é olharmos para o lado e ver tanta gente a tentar mudar, ver tantos testemunhos positivos como o teu 🙂 dicas, receitas, incentivos, etc 🙂 bora lá **

    • Responder

      lollytasteblogvania

      Janeiro 21, 2014

      então tens de arranjar companhia para te motivares mais, mas lá está a alimentação é das coisas mais importantes para nos mantermos saudaveis e tu andaste a portar muito bem:-)

  5. Responder

    Vanessa

    Janeiro 21, 2014

    Ainda há uns dias atrás estava a ler um texto sobre objectivos acerca do exercício físico e essa pessoa falava um bocadinho do que falaste. O truque não é dizer "ah este ano quero emagrecer", "ah este ano quero ficar com o corpo no ponto", tem sim de se traçar objectivos concretos, definindo os quilos que se quer perder e as partes do corpo que queremos que sejam melhoradas. Desde que comecei a fazer exercício físico que o faço sempre de manhã e muitas vezes quando não tenho tempo e deixo para fazer à tarde, acaba por não ser a mesma coisa. Nada melhor do que começar a manhã com exercício físico. Gostei muito do texto 🙂

    • Responder

      lollytasteblogvania

      Janeiro 21, 2014

      acho que quando nos habituamos a treinar de manha fica dificil de o fazer noutra altura, o cansaço que o corpo tem ao fim da tarde não é nada motivador:-)

  6. Responder

    melody

    Janeiro 21, 2014

    Que bom post Vânia! 🙂
    Eu confesso que ainda não consegui voltar ao exercício. Gostava de poder treinar de manhã, mas o ginásio perto de minha casa não abre a horas que me permitam ir treinar e ainda vir para Lisboa sem atrasos. E sei que treinar ao final do dia, para mim, é a receita para deixar de ir… Há sempre mais que fazer, há sempre cansaço, etc etc etc…

    Mas sim, concordo na integra com o que dizes. Se há uns meses eu perdi 6kg por recorrer a dietas – que resultou porque não os recuperei, é certo – neste momento, estou a reeducar a minha alimentação e a fazer pequenas mudanças no que como. Porque acho que passa muito por aí. Não é ir pela privação de certos alimentos, mas sim aprender quais as coisas que fazem melhor e as que fazem menos bem. Claro que, um dia por outro, também faço as minhas asneiras… Mas aprendi mesmo a reeducar o que como. E só me tem feito bem! 🙂

    Bom post Vânia – é mesmo inspirador para quem quer começar a ter mais cuidado com o corpo e com a alimentação!

    • Responder

      lollytasteblogvania

      Janeiro 21, 2014

      sim o importante é aprendermos a comer e não privarmo-nos de nada, porque depois acabamos por ter ataques de gula e comemos o dobro, o cerebro é muito matreiro e quando precisa de certas coisas sabe realmente ser insistente, portanto o segredo é saber educar o corpo e não cortar-lhe coisas repentinamente:-)

  7. Responder

    Fiona

    Janeiro 22, 2014

    Este post está muito bem conseguido por alertar parta pontos muito importantes de quem se quer dedicar à prática do exercício físico com o objectivo de ter aquela forma espectacular e passear um biquini giro no verão. Há que focar muito bem na força de vontade e nunca perder a motivação, ainda que possa ser difícil. 🙂

  8. Responder

    Daniela a Ferreira

    Fevereiro 1, 2014

    Descobri hoje o teu blog e tou fascinada! 🙂 É que parece que estou a ler o que me vai na alma. Eu comecei agora a fazer ginásio porque já não me sentia bem comigo. Massa gorda a 29%, TODO O MEDO DO MUNDO, e porque tenho horários malucos sem horas de saída e tou 16h sentada a maior parte das vezes. Agora, tal como tu, decidi que ficar na cama não me leva a lado nenhum e vou treinar sempre antes de ir trabalhar e vamos lá ver como me porto. Vou usar alguma dicas de alimentação que falaste. Às vezes custa é começar e no inicio é facil nos sentirmos perdidos com o que comer. Eu não coloquei metas, quero é sentir que estou a fazer algo por mim.

    muitos beijinhos.

    • Responder

      lollytasteblogvania

      Fevereiro 1, 2014

      olá Daniela, muito obrigada pelo carinho e bem vinda 🙂 Não é fácil acordar cedo, principalmente quando se tem trabalhos onde os horários são complicados, mas acredito que se mantiveres sempre objectivos as coisas ficam mais faceis. Uma dica que te dou é que se conseguires no teu ginásio, vai fazendo avaliações regulares e pede para te mudarem os planos de treino regularmente, ajuda a manter a motivação principalmente quando vemos resultados:-) A alimentação é sem dúvida a prte mais importante, e se as duas coisas estiverem em harmonia rapidamente baixas a tua massa gorda. Muita proteina (carne, peixe e ovos) para aumentar a massa magra 🙂 beijinhos e boa sorte na tua caminhada

LEAVE A COMMENT