Da Solidariedade – Parte 2

A semana passada quando publiquei este post, tive uma boa surpresa, com algumas pessoas através de  comentários e outras tantas via e-mail a perguntarem-me se conseguia dar sugestões de algumas associações que poderiam ajudar.
Fiquei feliz com esta reação, porque mais do que coisas bonitas que se possam escrever e dizer, gosto de ver que as pessoas também se interessam por estes assuntos e que querem ajudar, mas muitas vezes não sabem como o fazer, por isso começo a semana por aqui com um conjunto de associações em que acredito, para que possam dentro das vossas possibilidades ajudar a tornar este Natal um bocadinho mais feliz para tantos outros que precisam.
Para não tornar este post muito extenso, será dividido em duas semanas, com várias associações distintas em cada um.

 BUS – Bens de Utilidade Social

A BUS é um projecto extremamente interessante, que procura dar uma nova vida a electrodomésticos, mobiliário, roupa de cama, casa e utilidades de cozinha que já não utilizamos mas que podem servir a outras pessoas. Com um simples telefonema, a BUS vai gratuitamente buscar os bens que querem doar e depois reencaminha para famílias que não os podem comprar.
UPPA: União para a protecção dos animais

Esta causa é muito especial para mim e já não é nova por aqui. A UPPA é uma associação 5 estrelas onde sou voluntária e que procura tornar a vida de alguns animais muito melhor, dando-lhes condições e tentando encontrar boas famílias que os tratem como merecem.
Para quem não pode adoptar um animal, há sempre a hipótese de apadrinhar, onde mensalmente vocês definem um valor, escolhem um patudo e garantem-lhe todos os cuidados. Tal como diz na imagem podem apadrinhar a partir de 1€ por mês.
Outras formas de ajuda, vão desde donativos esporádicos que queriam fazer através de transferência bancária, até doações de comida, mantas (agora para o Inverno são muito importantes), camas, desparasitantes, transportadoras, trelas e coleiras, que são produtos sempre necessários no dia-a-dia dos pequenos.
Contacto Facebook ou email: uppa.geral@gmail.com

CASA – Centro de apoio ao sem abrigo

A associação CASA leva a cabo acções de solidariedade
social, apoio, alimentação e alojamento a favor de sem-abrigo, crianças, adolescentes e idosos socialmente desfavorecidos.
Podem ajudar esta associação, tornando-se voluntários, fazendo donativos em dinheiro ou géneros sendo que os que mais necessitam são: Produtos de higiene pessoal, alimentos não perecíveis; agasalhos e cobertores, roupa que já não usem e embalagens de plástico para distribuir as refeições. Têm ainda vários polos por todo o país, sendo assim mais fácil ajudar para quem está fora de Lisboa.
Site: http://casa-apoioaosemabrigo.org/  E-mail: info@casa-apoioaosemabrigo.org
Facebook

ACREDITAR: Associação de Pais e amigos de crianças com cancro

Com base no seu lema de “Tratar a criança com cancro e não só o cancro na criança”,
a Acreditar actua no sentido de proporcionar as condições para que as
crianças com cancro tenham as mesmas oportunidades, não só de
sobrevivência, mas também de conquistar a saúde física e psicológica e
crescerem tornando-se adultos de pleno direito!
Podem ajudar com donativos monetários, tornando-se voluntários ou ainda com apoio em géneros, sendo que os bens que a Acreditar necessita são: Pensos rápidos e coloridos em substituição dos castanhos normais, pequenos brindes novos, como baralhos de cartas, bolas, cds, lápis de cor, pulseiras, colares, anéis, fraldas de bebe e incontinência. Podem também doar roupa mas tem de ser preferencialmente nova ou então estar em muito bom estado porque sendo crianças com cancro têm o sistema imunitário muito fragilizado.
Site: www.acreditar.org.pt – E-mail: acreditar@acreditar.pt – Facebook

Novembro 20, 2013

RELATED POSTS

5 Comments

  1. Responder

    melody

    Novembro 25, 2013

    Vânia, cada vez mais gosto de vir aqui e ler estas coisas. E já partilhei isto lá por casa, principalmente pelo primeiro que sei que poderemos ajudar…!

  2. Responder

    Tsuri

    Novembro 25, 2013

    Eu trabalho com a CASA directamente. À cerca de 5 anos.Não só financio como faço parte de uma das equipas que oferece todos os bens essenciais a pessoas carenciadas que se dirijam a nós.
    Garanto que funciona muito bem, lamento, bastante, que o número de carenciados aumente de semana para semana:/ Portanto, toda a ajuda é pouca.

  3. Responder

    Ju Figueiredo Silva

    Novembro 25, 2013

    Obrigada pela partilha 🙂 **

  4. Responder

    Vanessa

    Novembro 26, 2013

    Este foi provavelmente dos meus posts favoritos de sempre. Super interessante e deste imensas ideias para cada um de nós participar.
    Quando estiver contigo a ver se levo umas mantas ou algo mais para os pequenos e acho que vou tentar contribuir, lá está nem que seja com 1 euro por mês.
    O Pedro foi voluntário durante muito tempo na Acreditar e sem dúvida que qualquer um de nós pode e deve ajudar. É tão fácil.

  5. Responder

    Texas Jack Suegro

    Novembro 29, 2013

    Este post (e a segunda vaga que aí vem) é uma forma fantástica de nos lembrar que há gente e animais que precisam de ajuda, porque não têm o básico! Nesta época tão especial, tenho andado a magicar com os meus botões: e se reduzíssemos nas prendas e doássemos algum desse valor a instituições que cuidam de quem precisa? Eu cá vou tentar fazê-lo. Bjs

LEAVE A COMMENT