Be Healthy

Ontem iniciei uma nova fase no processo de me tornar mais saudável.
Como sabem escrevi aqui há duas semanas que apesar do meu peso estar bom, a minha massa gorda estava demasiado elevada e a massa magra muito baixa e por isso iniciei um plano de treino personalizado para reverter esta situação.

Tenho-me dedicado imenso a cumprir os treinos apesar da dureza, mas a verdade é que uma das partes mais importantes deste processo é a alimentação, e eu que não me alimento mal fiquei mesmo surpresa com o resultado da massa gorda, assim sendo decidi que se estava focada no ginásio tinha também de perceber o que fazia de mal na minha rotina alimentar, portanto decidi recorrer à ajuda profissional de uma dietista.

A verdade é que todos nós lemos muitas coisas por todo o lado e trocamos ideias com amigos, mas no meio de tanta informação há alturas em que é fácil perdermo-nos em dietas malucas, e acima de tudo esquecemo-nos que cada corpo é um corpo e o que é bom para a um pode não ser para outro.

Depois a palavra dieta incomoda-me, soa-me sempre a algo muito restritivo, e assim que acaba tudo retorna ao normal. Eu mais do que dieta, quero aprender a comer os alimentos correctos para ajudar o meu corpo a conseguir resultados, manter isto sempre e não apenas por um período.

A consulta foi óptima, consegui perceber que tenho algumas hormonas desreguladas e essa é uma das causas para ter a massa gorda tão elevada mesmo não comendo mal, portanto foi-me prescrito um plano com muita proteina, com variadas soluções para as diferentes alturas do dia em que irei comer e sobretudo um plano realista e adaptado 100% à minha vida profissional.
Retirou claro alguns produtos da minha alimentação, reduziu bastante o consumo de outros que serão aos poucos e conforme os resultados inseridos novamente. Estou portanto na fase da reeducação alimentar.

Sinto-me agora mais confiante para me dedicar a 100% a este objectivo, a verdade é que saber que tenho ajuda de um profissional em nutrição dá-me mais confiança nas escolhas que tomo, pois por mais informação que tiramos da net, nada substitui a ajuda personalizada e as dicas preciosas de quem trabalha na área.

Na próxima semana regresso lá para falarmos sobre como me adaptei ao meu plano e depois serei seguida de 15 em 15 dias, pois como o objectivo não é perder muito peso, mas sim ganhar massa magra os resultados serão demorados e por isso não é necessário um acompanhamento semanal.

E para terminar deixo-vos com uma frase que ela me disse e que me fez o maior sentido:
Comer só grelhados, cozidos e saladas não é fazer dieta, é só ser monótono. Estufar, escalfar, assar ou saltear fazem bem e animam qualquer alimentação saudável, o segredo está no que se usa e como se confeccionada, mas ser saudável não significa ser chato na comida.

Assim sendo que comece esta nova fase.

Setembro 4, 2013
Setembro 9, 2013

RELATED POSTS

9 Comments

  1. Responder

    Marisa • PretoMarfim

    Setembro 5, 2013

    Tudo o que está nas imagens tem um aspecto delicioso e o melhor é que é tudo saudável :)Boa sorte nesta nova fase!
    Beijinhos

    • Responder

      lollytasteblogvania

      Setembro 6, 2013

      obrigada 🙂

  2. Responder

    Ju

    Setembro 5, 2013

    Olha é coisa que também quero fazer a algum tempo…vais em Lx ou ao pé da tua casa? Força nisso 🙂

    • Responder

      lollytasteblogvania

      Setembro 6, 2013

      a minha é em oeiras, com preços super acessiveis, mas sei que também dá consultas em lisboa.

    • Responder

      Ju Figueiredo Silva

      Setembro 8, 2013

      huum.. manda-me mensagem no fb, se faz favor, com contacto dela 😛

  3. Responder

    Vanessa

    Setembro 5, 2013

    Muito antes de me ligar ao exercício físico de uma forma constante, como agora, há muitos anos que comecei a dar importância à alimentação. Muitos pensam que o ginásio é que é, mas a alimentação faz um corpo.
    Não consigo comer de outra maneira a não ser como agora o faço, de uma forma cuidada, preocupada.

    • Responder

      lollytasteblogvania

      Setembro 6, 2013

      a alimentação é de facto muito importante, cada dia me apercebo disso e em como uma alimentação correcta faz toda a diferença no ginásio e não o contrário 🙂

  4. Responder

    Anónimo

    Setembro 6, 2013

    Olá! Tenho exactamente o mesmo problema que tu, será que me poderias fornecer o teu plano alimentar só para eu ver mais ou menos que tipo de alimentação e refeições o constituem? Desde já muito obrigado!
    Inês Fernandes

    • Responder

      lollytasteblogvania

      Setembro 6, 2013

      olá inês, o melhor será consultares um especialista em nutrição para que ele possa observar o teu estado, falarem do teu histórico e perceberem o que está mal na tua alimentação. O meu plano foi baseado nisso, e no meu problema hormonal e el alguma intolerância que tenho a certas coisas portanto é especifico para mim, é um erro usarmos os planos de outras pessoas porque apesar dos problemas parecerem iguais cada corpo é um corpo. Hoje em dia há dietistas com preços bem acessíveis 🙂

LEAVE A COMMENT